Newsletter
Ao te inscreveres-te na nossa newsletter, serás o primeiro a ter acesso às nossas exposições, salas de visualização online, trabalhos disponíveis, eventos e muito mais.

    The confession of the flesh
    03 MAR 2018 – 17 MAI 2018

    Em “The confession of the flesh”, Hernâni Reis Baptista reune uma série de trabalhos que procuram pensar a relação entre corpo e diferentes dispositivos. As peças que se apresentam partem de aparelhos utilizados para o aperfeiçoamento, agilidade e força do físico, funcionando simultaneamente como instrumentos de captura, mecanismos de orientação e control.

    Hernâni Reis Baptista (1986, Vila do Conde, Portugal)

    Vive e trabalha no Porto.

    Licenciado em Artes Plásticas – Multimédia, pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde foi selecionado com o prémio de aquisição da exposição de finalistas em 2013. Começou a expor em 2011, de onde se destacam as exposições colectivas “CAVE”, na SOLAR, Galeria de Arte Cinemática (Vila do Conde, 2012), “Sem Quartel”, no Sismógrafo (Porto, 2014), “SVEART” Saint Vincent European Art (Itália, 2012), “Terreno”, na Kubik Gallery (Porto, 2013) e “Quando alguém morria perguntavam apenas: tinha paixão?” (Porto, 2018), entre outras. Apresentou individualmente “Mesa” e “Falha” no Espaço Campanhã (Porto, 2011 e 2013), “Tropismos”, no Espaço Vésta (Porto, 2015), “T-1000”, na Floating Islands, Maus hábitos (Porto, 2015), “Dog eat dog, no Sismógrafo, Porto (2016) e “Intraduzibilidade, Untranslatability, Unubersetzbarkeit”, no Klub Genau, a par do festival de arte “KARAT, the ocean and the river” (Colónia, Alemanha, 2013). Participou também em residências artísticas na qual se destaca a “360o Context and Process”, pela Triangle Network no espaço Hangar (Lisboa, 2015), Estudos Gerais do Alvito (Alvito, 2017) e Just Residence (Málaga, 2017). Trabalha maioritariamente com instalação, escultura, vídeo, e diversos processos digitais.